Carmen Leno é uma das Dublês de Corpo, uma equipe de assassinas de ponta.

Depois de uma infância conturbada e uma breve passagem como atriz em filmes adulto, Carmen Leno se alistou no Exército dos Estados Unidos e lutou no Iraque como um soldado de primeira classe. Uma emboscada em seu esquadrão ao sul de Basra deixou a maioria de seus companheiros mortos. Carmen sobreviveu, mas perdeu o braço esquerdo. Ela foi selecionada para o aprimoramento Tektita pela unidade secreta de Mitch Shelley. Os tektitas funcionaram, e seu braço cresceu de volta. Ela fez amizade com uma das especialistas, Bonny Hoffman. Bonny Hoffman.[1]

Um atacante misterioso atacou a base, deixando a maioria dos presentes feridos. Shelley ordenou o tratamento Tektita em todos, incluindo Hoffman. Carmen e Bonny eram as únicas em que os Tektitas trabalhavam inteiramente, concedendo-lhes poderes sobre-humanos. Elas se tornaram os melhores agentes de Shelley e Hooker. Após a morte de Shelley, elas começaram a trabalhar sozinhas como assassinas de aluguel.[2]

Dado Como Morto

 

No Arizona, as Dublês de Corpo, Carmen e Bonnie conseguem informações mostrando que alguém em Portland está fazendo uma pesquisa por Mitch Shelley. Sabendo que o pai dele, Preston Shelley estava num Asilo em Portland, elas decidem dirigir-se a Portland para encontrar Mitch. Elas se teletransportam até Portland o som alerta Mitch, e ele sai para investigar. Enquanto ele corre pelo corredor, ele se depara com as Dublês de Corpo, elas começam a atirar mas a habilidade mais recente dele é se transformar em água, e as balas atravessam. Na luta Carmen esmaga uma lâmpada elétrica sobre a cabeça dele, eletrocutando todos. Elas ficam sobre ele, preparando-se para capturá-lo assim que ele ressuscitar. [3]

Poderes

Habilidades


Relacionado

Notas de rodapés


O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.