FANDOM



Origem

Originalmente vivendo em paz em casa, Lilith começou a manifestar estranhos poderes mentais aos 13 anos. Ela leu a mente de seus pais para descobrir que foi adotada, então saiu de casa para tentar encontrar seus pais biológicos. Depois de alguns problemas, ela acabou trabalhando como dançarina na discoteca Canary Cottage. Durante esse tempo, ela encontrou Loren Júpiter, e começou a ajudá-lo em sua causa.

Logo, Lilith se aproximou dos Novos Titãs e pediu para participar. Ela viu premonições envolvendo uma figura política, que inevitavelmente morreu, provando seu poder. Ela então se tornou um membro dos Novos Titãs.

Eventualmente, ela deixou a equipe e reassentou-se na Costa Oeste, onde ela começou um novo ramo dos Titãs (conhecido como Titãs da Costa Oeste). Ela namorou brevemente um dos membros de sua equipe, Don Hall (Columba) antes da equipe se separar.

Durante [[Trigon (Nova Terra)| O cerco de Trigon sobre Azarath]], Lilith desempenhou um papel fundamental na localização da antiga Titã Ravena, que na época estava possuída por seu pai demoníaco maligno. Eventualmente, Lilith fez algum tipo de conexão psíquica com a mentora de Ravena, a deusa Azar, e hospedou as almas de seus seguidores em uma tentativa bem sucedida de purificar Ravena do mal.

Lilith ficou com os Titãs brevemente, durante o qual ela acompanhou a equipe em uma viagem para [[Donna Troy (Nova Terra)|a ilha natal de Donna TroyIlha Paraíso Themyscira]]. Durante esta missão nos reinos do mito grego, Lilith finalmente aprendeu sua verdadeira paternidade: seu pai era um humano normal que havia sido seduzido por Thia, a mitológica titã grega do sol. Thia, sedenta de poder, tentou dominar o Olimpo, mas os Titãs mortais ajudaram a derrotar os Titãs do Mito e voltaram para casa com segurança - todos, exceto Lilith, que optou por permanecer no Olimpo, reivindicando seu direito de primogenitura como uma semi-deusa.

Pós-Crise

Depois da Crise nas Infinitas Terras, Lilith não foi ouvida por um tempo; no entanto, os Titãs mitológicos (incluindo Thia) mostraram-se como um panteão benevolente e pais adotivos de Donna Troy. Esta história reescrita efetivamente negou a origem de Lilith. Sua única aparição significativa neste momento foi uma breve aparição na Guerra dos Deuses, na qual ela recebeu uma premonição de que sua amiga Donna estava novamente em apuros; isso mostrou que ela estava realmente viva e bem, e vivendo na Terra em oposição ao Olimpo. Anos depois, Lilith encontrou novamente seus pais biológicos. A identidade de sua mãe nunca foi revelada, mas sabe-se que ela ajudou Lilith a desbloquear habilidades inexploradas. Seu pai biológico acabou por ser ninguém menos que o antigo benfeitor dos Novos Titãs, Loren Júpiter. Ela tomou o nome de Sina, e tornou-se parte da equipe Novos Titãs liderada por um adolescente Eléktron e fundada por Loren Júpiter. Inicialmente, a equipe não percebeu que Sina era Lilith. Ela foi capturada por seu meio-irmão Haze (Jarrod Júpiter), que usou seus poderes para aumentar os seus próprios. Haze foi derrotado pelos Novos Titãs com a ajuda de quatro dos Titãs originais: Asa Noturna, Tempest, Flash (Wally West) e Arsenal. Sua equipe de Novos Titãs foi eventualmente dissolvido.

Ela ajudou os Titãs a proteger a alma de Cyborg da [Liga da Justiça, um ex-companheiro de equipe. Pouco depois, Lilith foi sequestrada por Vandal Savage, que queria que ela adivinhasse uma equipe perfeita para derrubar os Titãs. Savage forçou Lilith a se submeter, mas ela escolheu membros que não trabalhariam bem como uma equipe. Ela foi resgatada pelos Titãs reformados.

Lilith estava com seus velhos amigos quando uma misteriosa corporação chamada Optitron se aproximou dos Titãs e Justiça Jovem com uma oferta para financiar os dois grupos. Antes que pudessem discutir a oferta, as equipes foram atacadas por um andróide do futuro chamado Indigo. O robô defeituoso acidentalmente ativou um Superman andróide acredita-se que foi há muito destruído. O ataque do Superman conseguiu quebrar o pescoço de Lilith e perfurar o coração de Donna Troy, matando ambos os amados Titãs. Essa tragédia levou o líder da equipe, Asa Noturna, a dissolver os dois grupos (embora eles seriam reformados pouco depois como os Renegados e a nova encarnação dos Novos Titãs).

No entanto, Lilith foi ressuscitada pelo mais novo Irmão Sangue como o mais recente em sua linha condenada de figuras maternas.[2] Apesar do pedido de Ricardita, Kid Eternidade não permitiu que ela ficasse entre os vivos.[3]

Uma estátua de Lilith está no Memorial da Torre dos Titãs em São Francisco.

Durante a Noite Mais Densa, Lilith foi reanimada como um membro da Tropa dos Lanternas Negros e atacou os Titãs.[4] No entanto, ela e seus companheiros Lanternas Negras foram inadvertidamente destruídos por Dawn Granger, que trazia a "luz branca da criação"..[5]

Poderes

  • Precognição: No início de sua carreira, Lilith era uma vidente levemente poderoso, capaz de prever eventos futuros com graus limitados de precisão.
  • Telepatia: As habilidades telepáticas de Lilith se desenvolveram mais tarde na vida e evoluíram de seus poderes precognitivos inerentes.
  • Teletransporte: Lilith tinha a habilidade de se teletransportar instantaneamente de um local para outro através da força de vontade. Visualmente, essa habilidade produziu um bizarro efeito giratório em torno de sua pessoa física. O teletransporte não fazia parte das habilidades originais de Lilith, e os meios pelos quais ela adquiriu esse poder são desconhecidos..

Habilidades

Fraquezas

  • Instabilidade de Poder: Sempre que Lilith usava sua telepatia em outra pessoa, ela absorvia uma parte da psique desse indivíduo. Uma marca daqueles que ela encontrou foi deixada dentro dela, lentamente transformando-a em um reflexo psíquico do indivíduo. Quando outros olhavam para o rosto de Lilith, muitas vezes viam uma dessas reflexões psíquicas em vez de seu rosto real. Isso é o que fez Lilith começar a ocultar suas características quando ela assumiu o disfarce de Sina.[6]


  • Embora esse personagem tenha sido originalmente introduzido na Terra-Um durante a era de publicação da DC, a sua existência após os eventos da série limitada de 1985-86 "Crise nas Infinitas Terras" permanece intata. No entanto, alguns elementos da história da pré-crise do personagem podem ter sido alteradas ou removidas para a continuidade Pós-Crise da Nova Terra, e devem ser consideradas apócrifos.
  • Nas raras ocasiões em que Lilith foi forçada a uma briga física, ela usou movimentos básicos de Judô e ataques de nervos ensinados a ela por Dick Grayson.
  • Lilith uma vez desenvolveu a habilidade de projetar ondas intensas de calor. Acredita-se que essa habilidade possa ter tido alguma conexão com os laços de Lilith com o anjo espacial Azrael.[7]
  • A história de Lilith é longa, confusa, e o 'Titans Tower' website (em inglês) faz um trabalho muito bom de explicar tudo. Por exemplo,:
    • Pouco antes da Crise, a mãe biológica de Lilith foi revelada como Thia, a Titã do sol. Ela passou um breve período no Monte Olimpo como deusa, antes da Crise negar sua nova origem... e deu para Donna Troy.
    • Após a crise, Lilith realmente encontrou sua mãe biológica – foi ela quem 'desbloqueou' o resto dos poderes de Lilith. Esta mulher disse a Lilith que seu pai era Loren Júpiter, e então fez Lilith prometer não contar a uma alma quem ela era. Essa informação nunca foi revelada, mesmo após a morte de Lilith.
    • Lilith foi um membro ou afiliado de cada encarnação dos Titãs, mesmo que temporariamente em alguns casos.
    • Suspeita-se, mas não confirmada, que Lilith se lembrava do mundo como se fosse Pré-Crise e Pré-Zero Hora.

Relacionado

Links externos

Notas de rodapés


Teen Titans 0002
Membro dos Novos Titãs
DC Rebirth Logo

Este personagem é ou foi principalmente um membro da equipe de super-herói mais jovem conhecida como Novos Titãs, em qualquer uma das várias encarnações. Esta predefinição categorizará artigos que o incluirão na categoria "Membros dos Novos Titãs".

Black Hand 008
Black Lantern DC logo
Membro da Tropa dos Lanternas Negros
Este personagem é ou foi membro da Tropa dos Lanternas Negros. Aqueles que morreram podem exercer o Anel de Poder Negro, simbolizando sua falta de vida e de emoção.

Esta predefinição irá categorizar artigos que e incluírem ele na categoria "Membros da Tropa dos Lanternas Negros."

O conteúdo da comunidade está disponível sob CC-BY-SA salvo indicação em contrário.